Avelino Ferreira, 63 anos, brasileiro, casado, sete filhos, sete netos. Jornalista; escritor; professor de Filosofia.







quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Ambientalistas do Greenpeace se acorrentam na empresa de Eike Batista

Um grupo de 20 militantes do Greenpeace se acorrentou às catracas de acesso a uma das empresas do mega-empresário Eike Batista no arquipélago de Abrolhos, na Bahia. Os militantes do Greenpeace estavam vestidos de baleia jubarte e com máscaras com o rosto de Eike e ameaçaram invadir o prédio da empresa. Contidos pelos seguranças, eles se acorrentaram nas catracas, mas antes jogaram óleo nas dependências do prédio e discursaram sobre a rica biodiversidade marinha do local.


Os ambientalistas exigem da OGX, empresa do grupo EBX, do Eike Batista, o aumento da área de preservação ambiental no arquipélago de Abrolhos. Eike detém dois dos 13 blocos de exploração daquela região, considerada um lar das baleias jubarte.


Abrolhos é um arquipélago de cinco ilhas, localizado no litoral sul da Bahia, situado a aproximadamente 72 km da costa de Caravelas. Com uma área total de 913 km², o arquipélago de Abrolhos é constituído da Ilha Santa Bárbara, onde fica o farol e as instalações principais, sob controle da Marinha do Brasil, a Ilha Siriba, a Ilha Redonda e mais duas outras ilhas nas quais o desembarque é proibido, a Ilha Sueste e a Ilha Guarita.


Em julho deste ano, quando lançou a campanha, o Greenpeace enviou para a Petrobras e as outras nove companhias petrolíferas que têm blocos de produção encostados em Abrolhos uma carta em que explica a necessidade de se estabelecer uma área livre da atividade petrolífera no local que abriga o maior e mais exuberante banco de corais do Atlântico Sul.

O Greenpeace busca convencer as empresas de que os limites de proteção para Abrolhos sejam ampliados. Além disso, a proposta da ONG é que seja feita uma moratória de exploração de gás e petróleo por 20 anos na região e estabelecida uma zona de proteção de pelo menos 93 mil Km2, abrangência determinada por estudos científicos para se evite que acidentes de qualquer tipo contaminem a biodiversidade existente.

A moratória de 20 anos proposta pelo Greenpeace afeta os treze blocos de exploração de petróleo atualmente sob concessão. A Petrobras é a empresa com mais operações na região, atuando em sete blocos. Também exploram o local as empresas Shell, a angolana Sonangol, Vale, Perenco, OGX, Repsol Sinopec, Vipetro, Cowan e HRT. Em resposta ao Greenpeace, a Petrobras afirma que respeita o limite de proteção de 50 km para exploração no local.


NOTA DA EMPRESA DE EIKE
Em resposta à manifestação realizada no dia de hoje na sede da empresa, a OGX gostaria de informar que realiza todas as suas atividades operacionais no Brasil em conformidade com a legislação aplicável, respeitando rigorosamente a legislação ambiental vigente e as regulamentações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

No que diz respeito às concessões dos blocos BM-ES-37 e BM-ES-38, que a Companhia participa juntamente com a Perenco Brasil, esta última responsável pela operação, cabe informar que essas áreas estão localizadas em águas profundas da Bacia do Espírito Santo, a uma distância aproximada de 150 km ao sul do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, não oferecendo qualquer risco ao Parque.

Informamos que a OGX, alinhada à política de Sustentabilidade do Grupo EBX, está comprometida com a proteção da biodiversidade brasileira, inclusive apoiando importantes Unidades de Conservação como o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha e o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense, por um período de 10 anos. A Companhia considera o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos uma área importante para a biodiversidade e que deve ser preservada.
(Sobre matéria do JB)

Secretário de Agricultura vai conhecer projeto da Embrapa para implantá-lo em Campos

Com o objetivo de resgatar a importância da extensão rural para o desenvolvimento do setor leiteiro em Campos, o secretário de Agricultura e Pesca, Eduardo Crespo, fará uma visita técnica neste sábado (26) a uma propriedade rural, em Juiz de Fora-MG, onde é desenvolvido o Projeto Balde Cheio, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Na companhia de Eduardo estarão os técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), da Federação da Agricultura do Estado do Rio de Janeiro (Faerj) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro (Emater/Rio). Segundo Eduardo, a finalidade é expandir o projeto com os produtores de leite das Agências de Desenvolvimento Rural (ADRs) para atender uma demanda interessada.

- Para desenvolver a metodologia do projeto é utilizada uma propriedade particular, de preferência de pequeno porte (até 20 alqueires) e de cunho familiar, como ‘sala de aula prática’, onde os alunos são os pesquisadores, coordenadores regionais, extensionistas e produtores de leite, com duração de quatro anos - explicou o secretário, esclarecendo que um dos objetivos do projeto é gerar renda nas propriedades participantes, independente do tamanho das propriedades.
(Do site da PMCG)

Heloísa Helena está internada em hospital de Alagoas

Nascida a 6 de junho de 1962, Heloísa Helena Lima de Moraes Carvalho, enfermeira, ex-deputada estadual por seu estado natal, Alagoas; ex-senadora; candidata à Presidência da República em 2006 e atual vereadora por Maceió, sofreu uma queda de pressão e foi internada na noite de ontem, chegando ao Hospital Geral do Estado de Alagoas, no Trapiche da Barra, acompanhadade parentes e amigos.  


Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Heloísa deu entrada no hospital após sentir um mal estar seguido de tontura. De acordo com o último boletim médico divulgado pelo HGE, a vereadora foi submetida a exames de sangue, eletrocardiograma e tomografia computadorizada. Ela foi transferida para a Unidade de Dor Torácica (UDT) do hospital, responsável pelo atendimento de pacientes com problemas no coração.


A transferência foi necessária, segundo o boletim, por ser importante para a saúde da vereadora ficar em observação médica. Durante a tarde desta quarta-feira, novos exames serão realizados na paciente

 
REGISTRO -
Paulo Moreira Leite (Jornal O Estado de São Paulo)

O fotógrafo André Dusek acompanhou Heloísa Helena num vôo Brasília-Belo Horizonte, durante uma reportagem que fizemos para o Estado de São Paulo, publicada domingo passado. (www.estado.com.br) Embora tenha registrado um orçamento de R$ 5 milhões, HH prevê uma arrecadação de apenas R$ 400 000 reais, ou 0.5% do que devem gastar Lula e Alckmin, e faz uma campanha com esse dinheiro.
 
 
Os assessores compram passagem pela Internet e, em geral, a candidata hospeda-se em casa de amigos. Invariavelmente cansada, ela dorme durante o vôo. Naquele dia, passou a maior parte do tempo nos braços de Morfeu. Acordada por um eleitor, conversou um pouco e voltou a descansar. Pouco antes do desembarque, escreveu alguma coisa e folheou um livro com trechos do Evangelho - fonte de inspiração para falar dos "tapetes sagrados" do Planalto e dos "demônios do capital."

Pinheiro morre e deixa de luto os amantes do futebol em Campos

O campista João Carlos Batista Pinheiro, excepcional jogador de futebol nas décadas de 1940 e 1950, tendo jogado no Americano e brilhado no Fluminense, onde fez fama e chegou à Seleção Brasileira, morreu ontem à noite (terça-feira), aos 79 anos. Abaixo, matéria do JB sobre sua carreira que as novas gerações desconhecem:


O ex-zagueiro Pinheiro morreu na noite desta terça-feira no Rio de Janeiro, vítima de falência múltipla dos órgãos. Com passagens por Americano, Fluminense, Bonsucesso e Bahia, ele tinha 79 anos e estava internado no Hospital Pan-Americano por conta de um câncer.

João Carlos Batista Pinheiro brilhou no Fluminense entre 1948 e 1963, vestindo a camisa tricolor em 603 partidas - apenas o ex-goleiro Castilho, com 697 jogos, atuou mais vezes pelo clube. Assim, chegou também à Seleção Brasileira que disputou a Copa do Mundo de 1954.

Além de fazer história no Flu, Pinheiro foi o primeiro técnico a dar oportunidade a Ronaldo "Morreu nesta terça-feira uma parte marcante da história do Fluminense: Pinheiro. Um homem a quem devemos idolatrar muito além das quatro linhas. Um ídolo, uma referência. Sentiremos a sua falta, mas ele está eternizado na memória e no coração do torcedor tricolor", declarou Peter Siemsen, presidente do Flu, segundo o site do clube.

O velório de Pinheiro acontece no Salão Nobre da sede das Laranjeiras, nesta quarta-feira, entre as 10h e as 20h. O sepultamento acontece será amanhã.

Carreira

Pela equipe, foi campeão carioca em 1951 e 1959, do Rio-São Paulo em 1957 e 1960 e participou da conquista da Copa Rio de 1952, considerada pelos tricolores um título mundial.

Fora de campo, quando comandou o Cruzeiro, em 1993, deu oportunidade para o ainda franzino Ronaldo ter uma oportunidade como titular. Foi o passo inicial para aquele garoto, então com 16 anos, se tornar destaque atuando por grandes clubes europeus, Seleção Brasileira e Corinthians.

Pela Seleção, Pinheiro foi campeão dos Jogos Pan-Americanos de 1952 e da Taça Bernardo O'Higgins em 1955. Sua participação no Brasil foi de 17 partidas, com 11 vitória, três empates, três derrotas e um gol marcado.

Antes de chegar ao Fluminense, chegou a vestir a camisa de goleiro do Americano, time de sua cidade - nasceu em Campos dos Goytacazes em 13 de janeiro de 1932. Após deixar o Fluminense, defendeu o Bonsucesso, no Rio de Janeiro, em 1963, e o Bahia, em 1964.

Como treinador, além do Cruzeiro, também comandou o Goytacaz, o Americano, o América-MG e o próprio Fluminense, mas ganhou destaque na função, antes de lançar Ronaldo, com o surpreendente Bangu que perdeu nos pênaltis a decisão do Campeonato Brasileiro de 1985 para o Coritiba, no Maracanã.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Joguinho de advinhação

Prestem atenção a apelação abaixo e num mínimo esforço, advinharão quem é o apelante:

Prefeito,
Servi ao senhor durante todos esses anos dando tudo de mim na administração. Fiz tudo que o senhor pediu. Sei que Deus vai me perdoar pelas coisas erradas que fiz só para ajudar o senhor e sua esposa a melhorar de vida. Nas campanhas, briguei com amigos por sua causa. Amarguei a solidão justamente porque meus amigos de juventude - é, o senhor sabe que já fui jovem e tinha um corpo razoável - me abandonaram justamente porque tive que brigar com eles para defender o senhor.

O senhor sabe que o prefeito eleito não vai muito com a nossa cara. Está revelando que vai dar uma banana para todos nós e ainda, lá na frente, nos acusar de corruptos. É um oportunista. Eu disse ao senhor que ele não era da confiança do nosso grupo. Mas enfim, é a política. O senhor mesmo, me desculpe, deu a volta em Garotinho. Claro que ele merecia. Agora está morto politicamente graças ao senhor. Mas o seu sucessor não vai facilitar em nada a nossa vida.

Por isso mesmo peço que faça algo por mim, pois se não o fizer, estarei na rua da amargura. O senhor sabe que sempre fui independente e nunca tive nada. Fiz jornalismo, mas jornalismo não dá dinheiro. Não passei em concurso público e desde o primeiro governo Garotinho, exerço cargo de confiança. Não tenho segurança nenhuma.

Por isso, preciso que o senhor me efetive na prefeitura. Sei que é ilegal, mas com o Dr. Alex na procuradoria eu me ajeito bem. O senhor encaminha para ele um parecer favorável a um ofício meu e ele me efetiva. Assim, estarei segura, com um emprego para o resto da vida. E ficarei eternamente grata ao senhor.

Sei que é ilegal, mas já fizemos tanta coisa ilegal que mais uma não vai mudar nada. Além do mais, é tanta coisa grande que essa, de tão pequena, ninguém vai reparar. 

Com um apelo desses, o prefeito não resistiu. Nos últimos dias de seu mandato, deu o parecer favorável e enviou o processo para a Procuradoria. Alguns meses depois, a solicitante foi efetivada. A partir de então, passou a zombar de todo mundo, porque era "servidora de carreira". Para alguns, dizia que era concursada, zombando daqueles que eram contratados. 

Como ninguém expôs o fato, o crime foi esquecido. Claro que algumas pessoas, indignadas, pensaram: "vamos fazer o mesmo". Mas o prefeito já não era o mesmo. E hoje, passados alguns anos, a efetivada prega a moralidade, denuncia o que supõe ser erro de secretários, prefeita, líderes políticos, vereadores. E ninguém faz nada. Será por que?  

Professora faz sexo oral em estudante e é presa

Sem nomes, para evitar maiores constrangimentos. Todavia, a professora, de 25 anos, foi detida e levada para a delegacia onde foi autuada por praticar "ato obsceno em local público".

Próximo aos banheiros químicos no estádio municipal de futrebol Geraldão, em Brejo Grande, município do Ceará, a professora fazia sexo oral em um estudante de 17 anos.

A Polícia Militar flagraou-a no ato e ela, tentando esclarecer, disse que havia ingerido bebida alcoólica e foi movida por uma "forte paixão". Após autuada, foi liberada.   

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Instituto São José recebe mais de R$ 2 milhões em três anos

Desenvolvendo uma ampla Política da Infância e da Adolescência, o município de Campos tem investido em diferentes frentes para garantir integridade, saúde, lazer e educação a crianças e jovens. Através de ações promovidas pelas fundações municipais da Infância e da Adolescência (FMIJ), Zumbi dos Palmares (FMZP) e de Esportes (FME), e das secretarias municipais de Educação, Saúde e de Família e Assistência Social, parte dos recursos dos royalties são destinados a programas, projetos e convênios voltados para a juventude.

- Morar Feliz, cheque cidadão, a construção de creches e escolas modelos, a oferta das vacinas Prevenar, Hepatite A e HPV, que não são incluídas no calendário nacional de vacinação, e o repasse em dia de convênios às entidades filantrópicas são algumas das muitas ações da Política da Infância e da Adolescência que o município vem adotando - destacou o secretário municipal de Controle e Orçamento, Suledil Bernardino.

Uma das instituições que mantêm convênio com o município através do Conselho Municipal de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMPDCA) é o Instituto Profissional São José. Com os projetos “Ampliando os horizontes” e “Vem e ser”, por meio do Fundo Municipal da Infância e da Adolescência (FMIA), já foi repassado à entidade, desde 2009, um total de recursos de R$ 2.281.840,35. Somente em 2011, já foram repassados R$ 369.148,60. Em 2010, ao Instituto Profissional foi feito um repasse na ordem de R$ 1.069.791,20.

- A entidade só tem capacidade para atender a 35 jovens do projeto Recriar, com recursos próprios. Sem os convênios não teríamos condições de manter os dois outros projetos que desenvolvemos com adolescentes de 14 a 18 anos, retirando esses jovens da ociosidade e dos perigos da vida - explicou o benemérito do Instituto Profissional, Elson da Silva Leal.

Ao todo, 140 jovens são beneficiados com os convênios. No distrito de Santo Eduardo, na Região Norte do município, são 80 moças e rapazes com idades entre 14 e 18 anos assistidas pelo projeto “Ampliando os horizontes”. De segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, eles frequentam as aulas de iniciação em Informática, tem reforço escolar e aprendem, tanto na teoria quanto na prática, um pouco das técnicas agrícolas.

- Nosso objetivo é despertar o interesse pela atividade rural, a vocação para a atividade agrícola, evitando, assim, o êxodo rural e preparando mão de obra para atender a pequenos produtores, já que eles aprendem noções básicas de plantio, por exemplo - detalhou Elson.

Na sede, no Bairro da Lapa, o Instituto Profissional São José atende com o projeto “Vem e ser” a 50 alunos, de 14 a 18 anos, das 13h às 17h de segunda a sexta-feira com oficinas de manicure, cabeleireiro e artesanato; cursos de iniciação em Informática e de auxiliar administrativo; além de atividades físicas, como ginástica e dança. “Assim como em Santo Eduardo, os jovens precisam estar matriculados e frequentando regularmente uma escola pública, e recebem, além das oficinas e cursos, reforço escolar”, completou Elson.
(Do site da PMCG)


Rosinha defende royalties na reunião da Ompetro

A prefeita Rosinha participa na próxima quinta-feira (01), de reunião da Ompetro. Rosinha tem sido uma guerreira pela defesa dos royalties, tendo articulado, quando presidente da Ompetro, no início de seu mandato, um amplo movimento, com participação da sociedade civil, pela defesa dos royalties para quem produz, segundo o que está previsto na Constituição Federal.


Foi através de Rosinha que uma ação chegou a ser proposta junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a redistribuição inconstitucional dos royalties.
(Do blog do Mauro Silva)

Sobre o show Violões Brasileiros

Por falta de tempo e, também, por não perder tempo lendo textos de figuras nefastas, não costumo acompanhar postagens na rede, afora aquelas dos poucos que ainda gozam de crédito. Mas um amigo meu, que lê quase tudo na rede, comunicou-me que algumas dessas figuras publicaram nota contra a prefeitura por não ter pago o show ocorrido na Tenda Cultural, no Farol de São Thomé, no dia 11 de fevereiro.


Trata-se do show das filha de Hélio Coelho, Kalu e seu marido ou namorado, Rodrigo, denominado Violões Brasileiros. Muito bonito, por sinal. Mas a empresa vencedora do pregão que contratou os artistas da tenda, a WTC, pagou o show citado com o cheque SL 001018, do Banco Itaú, no valor de R$ 3.000,00. A MM Carvalho produções, empresa que representou os artistas, recebeu e depositou o valor na conta dos (ao que parece) reclamantes.


Essa gente torpe e mesquinha deveria, antes de postar uma denúncia ou acusação, ouvir o suposto acusado. Mas, entendo, não seriam figuras nefastas, porque estariam agindo corretamente.


Não vou me estender mais, porque admiro e respeito o professor Hélio de Freitas Coelho. Por isso mesmo, creio não ter sido ele o acusador de algo sem fundamento. Carolina ou Kalu, quero crer que não faria tal coisa. Antes, se houvesse algo errado com algum procedimento, falaria comigo. Então, quero crer que tudo não passou de um mal entendido, de conversa de botequim que foi aproveitada por essas figuras nefastas para jogar pedras em mim e na prefeitura. Mas não temos telhado de vidro.

PTB promove Dia de Filiação no sábado

Fernando Machado, secretário do PTB, José Luis Dutra, presidente do Goytacaz, filiado ao partido,
Edson Batista, presidente e Avelino Ferreira, presidebnte e vice do PTB, na sede da legenda.

Neste sábado (03), a partir das 9 horas, o diretório municipal do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) realizará um dia de filiação partidária no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Campos (Rua 13 de Maio, 102, Centro).

Está confirmada a presença de dirigentes partidários da regional e lideranças locais. A reunião será comandada pelo presidente do diretório municipal, Dr. Edson Batista. Está sendo aguardada a presença no evento do presidente regional do Partido da República (PR), deputado federal Anthony Garotinho e do secretário de governo de Campos, Geraldo Pudim.
(Do blog Aspectos)


Fábio Ribeiro emite "nota à imprensa"

O secretário de Administração e Recursos Humanos da Prefeitura de Campos, Fábio Ribeiro, enviou nota à imprensa na qual discorre sobre ação do Ministério Público, segundo ele, com base em notas de blogs e revistas, a respeito do contrato da Prefeitura para o serviço de ambulâncias:

"A Secretaria de Administração e Recursos Humanos respeita e reconhece a competência e o zelo do Ministério Público Estadual em propor qualquer tipo de ação para coibir atos que possam teoricamente ferir os interesses públicos, mas ao mesmo tempo, lamenta que a autoridade seja induzida a erros por informações desprovidas de embasamento como reportagens e opiniões pessoais publicadas em blogs e revistas.

Tendo em vista a notícia da ação proposta pelo Promotor de Justiça Êvanes Soares contra o município de Campos, baseada em insinuações e ilações de pessoas politicamente reconhecidas como de oposição ao atual governo, como o Senhor Cláudio Andrade, é preciso esclarecer que o processo de contratação das ambulâncias foi considerado regular e liberado para seguir por decisão do presidente do Tribunal de Justiça.

Lamentavelmente, o ilustre representante do Ministério Público, utiliza como argumento para instruir a ação civil pública, um trecho de matéria veiculada na revista Época, pertencente às Organizações Globo, que é de conhecimento público e notório de oposição ao grupo político do ex-governador e deputado federal Anthony Garotinho. Uma matéria tendenciosa e dirigida a atingir à imagem de Garotinho e de sua família.

Em face dos assuntos relacionados à contratação de veículos, a Secretaria de Administração e Recursos Humanos vem esclarecer:

No que se refere à duplicidade de contratos, ressalta-se que o de nº 170/09, fora cancelado, não tendo nenhuma validade, ou seja, fora abrangido pelo contrato nº 225/09, conforme decisão da douta Procuradoria Geral do Município, inclusive publicado no Diário Oficial do Município, tornando público e transparente o ato.

Outrossim, não há que falar-se em somatório de valores contratuais, haja vista o cancelamento do contrato supracitado, não ultrapassando dessa forma o teto apresentado pela estimativa oficial.

No que diz respeito ao segundo termo aditivo elencado pela peça ministerial, o acréscimo no contrato refere-se ao aditivo de valor, que corresponde a 25% do valor do contrato, previsto pela Lei nº 8666/93, que regulamenta as Licitações e contratos, ou seja, houve acréscimo de valor que resultou no aumento de quantidades, de acordo com as necessidades do município.

Vale salientar que o referido acréscimo não foi utilizado em 3 meses, e sim, em 12 meses, e ainda, acresceu o número de ambulâncias ofertadas a população, de 56 para 82 unidades.



No que se refere à ausência de estudos detalhados para a contratação de serviços e mão de obra dos motoristas, tal alegação não procede, tendo o município feito levantamento da frota e das necessidades a serem atendidas logo no início da atual gestão, quando se verificou um cenário com grande parte das ambulâncias existentes em estado de total inoperância, sem a mínima condição de atender à população com segurança, com 101 ambulâncias sucateadas.

A contratação destes serviços foi o caminho mais ágil e eficaz adotado, seguindo os princípios da economicidade, com um sistema que prevê a manutenção integral do veículo (preventiva e corretiva), troca do veículo no prazo de 24 horas em caso do mesmo não poder atender ao posto em que estiver designado, fornecimento de motoristas pela empresa, entre outros aspectos que balizam a escolha feita pelo gestor.

Quanto à suposta ilegalidade na prorrogação do prazo da ata de registro de preço, não foi isto o que ocorreu, e sim a prorrogação do contrato, conforme preconiza a Lei 8666/93, em seu artigo 57, inciso II, para serviços de natureza continuada.

No que diz respeito às inverídicas alegações de práticas arbitrárias de atos privativos do Chefe do Executivo por parte do Secretário de Administração e Recursos Humanos, através do Decreto nº 365/2009, a Chefe do Executivo Municipal delega aos Secretários Municipais, bem como Presidentes das Fundações e Empresas Públicas a plena autonomia para assinatura de contratos.

Trata-se de ato de delegação de competência onde o agente público transfere a outro, hierarquicamente inferior, funções que lhe são atribuídas, sem a retirada da competência do chefe do Poder Executivo.

No que se refere à estimativa da licitação, não se conseguiu orçamento de empresas locais por não atenderem ao disposto no Termo de Referência, motivo pelo qual tivemos que recorrer a empresas sediadas em outros municípios, o que é devidamente permitido por lei.

Quanto ao uso ilícito de servidores públicos para condução de veículos especiais (ambulâncias) terceirizados, todos são conduzidos por empregados da empresa contratada.

Sendo o objeto da licitação locação de veículos especiais (ambulância), com motorista e sem abastecimento de combustível, não devemos nos esquecer de todo o serviço que envolve a locação, serviços estes como: seguro do veículo, encargos sociais dos motoristas, manutenção preventiva, manutenção corretiva, como já foi dito, dentre outros.

O contrato integra o esforço do município em oferecer à população serviços de melhor qualidade e com maior eficiência no uso dos recursos públicos, se destacando o esforço de reduzir custos, sempre primando pelo princípio da economicidade e transparência, como ocorreu com o item “combustíveis”. Somente em combustíveis, foram economizados R$ 4,5 milhões/ano e mais R$ 3,2 milhões/ano em manutenção de veículos.
Fábio Ribeiro
Secretário de Administração e Recursos Humanos

Aos blogueiros farsantes e insidiosos

Os blogs, pela não culpabilidade dos seus escribas ou por falta de legislação específica ou devido ao "deixa prá lá" das pessoas e instituições atingidas pelas ilações não razoáveis, fococas e maledicências, insinuações insidiosas de pessoas que usam a rede para satisfazer seus desejos pérfidos, são usados de maneira sórdida por alguns frustrados que se postam como franco-atiradores objetivando unicamente prejudicar àqueles que não estão no rol dos seus amigos.

No caso específico de Campos, esses "alguns" atacam o Garotinho e a prefeita Rosinha por despeito, ou porque não foram convidados para o governo, ou porque, simplesmente, querem a satisfação pessoal de terem denunciado algo. Não apuram os fatos, mas denunciam. Noticiam porque alguém disse. Atendem aos interesses inconfessados de suas "fontes", sem nenhum compromisso com a ética (não sabem o que o conceito significa e ainda confundem ética com moral), nem com a Coisa Pública.

A perversidade desses franco-atiradores não tem limites porque acreditam na impunidade e tentam, por isso mesmo, com suas mentiras e farsas e no fosso lamacento em que vivem, causar danos à moral dos que elegem como desafetos. Não questionam porque desejam saber e informar corretamente, mas sim para atingir a honra dos que elegem como inimigos. Dentre esses "alguns", há os que dão voz aos traidores do povo, desonestos e desprovidos de bom caráter e bom senso.

Existem, claro, os que fazem tudo isso por interesses políticos/eleitorais, que visam o desgaste da administração municipal para conseguirem retornar ao comando da prefeitura. Mas estes a opinião pública não só os identifica como não lhes dá crédito. Os demais conseguem se esconder e a opinião pública só sabe deles o que eles próprios informam. E podem, por algum tempo, enganar, porque não se põem à prova. Preferem agir na sombra. 

Poderia dizer que "os cães ladram enquanto a caravana passa", mas não vou descer a esse nível. Os fatos e o tempo mostrarão quem tem razão. O tempo mostrará quem vai para o lixo da história.    

sábado, 27 de agosto de 2011

Rosinha assina ficha do PR em noite festiva

(Fotos: Viviane Terra)
Rosinha recebe o abraço do marido e presidente do
PR Estadual, Garotinho, após assinar a ficha de filiação ao Partido
Garotinho fala da importância de Rosinha no PR e no governo,
pois tem feito muito por Campos. "Ela troca de partido, mas não troca de lado".  
Rosinha agradece aos partidos aliados, aos vereadores,
aos secretários e ao povo de Campos, ao qual tem um carinho enorme
O presidente do PTB, Edson Batista, em nome dos filiados, explica porque está no movimento
Campos de Todos Nós e promete apoio incondicional ao projeto de Rosinha que está colocando
Campos no rumo do desenvolvimento sem exclusão e sem perder o norte
O PTB fez-se presente com seus pré-candidatos e sua militância: na foto,
Emílio, Fernando, Rossini, Oguiane e "seu" Amaro com a bandeira do partido
O Automóvel Clube foi pequeno para a grande reunião
de filiação aos partidos que compõem o movimento Campos de Todos Nós
Dr. Edson, presidente do PTB, fala aos pré-candidatos
e os filiados na sede do Partido. Logo após, seguiram todos até o Automóvel Clube.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Alunos da rede municipal recebem caminhões da cultura e da ciência

(Caminhão da Cultura - Foto: César Ferreira/Sec Cultura/PMCG)
Participei, hoje, de uma solenidade que me emocionou: a entrega, pela prefeita Rosinha e pela secretária de Educação Joilza Rangel, de um caminhão da cultura, um caminhão da Ciência e 1456 novos instrumentos musicais para a formação de mais seis bandas de fanfarra e para as aulas de música nas 29 escolas que já contam com bandas.


O caminhão da Cultura, adaptado com palco, toldo, gerador e equipado com sistema de som e luz, tem um baú com bonecos de fantoche e adereços para teatro, é um teatro móvel que percorrerá as escolas com apresentações artísticas diversas (dança, música, teatro), oficinas e contação de história. O Caminhão da Ciência irá às escolas com microscópios e orientadores para que os alunos tenham contato com os instrumentos que possam manusear, fazendo observações de insetos, sangue etc..

(Caminhão da Cultura - Foto: César Ferreira/Sec Cultura/PMCG
Além disso, as escolas que receberem o caminhão da Cultura, os alunos menores poderão se divertir com os brinquedos que fazem parte do projeto, cujo lançamento hoje (25) à tarde, no Trianon, reuniu cerca de 1 mil alunos, professores, diretores de escolas e várias bandas de fanfarra que se apresentaram na parte interna e na parte externa do teatro.

(Caminhão da Ciência/foto PMCG)
(Caminhão da Ciência - Foto César Ferreira/Sec Cultura/PMCG)

Mais uma vez parabenizo a secretária Joilza que há mais de um ano vem atuando no sentido de conseguir os caminhões adaptados para o grande projeto cultural e científico que propus mas, por vários motivos, não consegui implementar. E à prefeita Rosinha, por cumprir mais uma meta de seu programa de governo na área da cultura, mesmo via Secretaria de Educação. Mas, como ela mesma sempre diz, o governo é um só.  

Sites de traição têm mais de 400 mil inscrições

Quer trair seu parceiro, homem ou mulher, de maneira discreta? É só inscrever-se num dos três sites de traição existentes hoje no Brasil: Ohhotel, lançado em 11 de julho e que já tem quase 250 mil inscritos; o Ashley Madison, lançado no dia 1º de agosto e que tem 107 mil inscritos; e o Second Love,  60 mil.  


A maior parte dos inscritos ainda é de homens e a maioria, mulheres e homens, é paulista. Mas o que foi constatado pela rede americana de traição Ohhotel, é que os brasileiros, homens e mulheres, traem mais que o normal se comparado a outros países:  "O brasileiro trai muito e mais do que a média mundial. Numa pesquisa que fizemos, 65% dos usuários responderam que tiveram pelo menos cinco casos extraconjugais, quando, nos outros países, 70%  afirmam já ter tido entre um e três casos”, afirma Lais Priolli, da Executiva do grupo.


À mesma conclusão chegou a executiva do grupo canadense Ashley Madison, a indiana (solteira) Jas Kaur, mas ela acredita que a tendência é que o percentual de mulheres aumente. “Acreditamos que no Brasil a participação das mulheres chegue a 40%”, afirma Jas. "As mulheres não têm fama porque são mais discretas e têm mais a perder do que os homens, mas a independência econômica está mudando isso".


Sobre os sites "de relacionamento", Jas Kaur reconhece que esse tipo de serviço facilita a prática da infidelidade, mas destaca que a traição existe desde o começo dos tempos e lembra que o adultério saiu do Código Penal em 2005 e desde então deixou de ser motivo de prisão no país.


O serviço, segundo ela, "é a mesma coisa que um motel. Vai quem quer. O que a gente está dizendo é: 'Se vai fazer, faça direito. Seja discreto, não vá tirar a aliança, ir a um bar e pegar uma pessoa inocente para depois ter cobrança e consequências indesejáveis", afirma a diretora do site.

 
Com mais de 10 milhões de usuários no mundo, o Ashley Madison investiu no Brasil 2,5 milhões de dólares no lançamento de sua página no Brasil e acredita que terá 1 milhão de usuários em um ano. Prevê gastar ainda, com marketing, até dezembro, cerca de 3,5 milhões de dólares. Os outros sites estão investindo quantias similares, porque acreditam ser o Brasil um "grande mercado" para a traição ou casos extraconjugais.


O serviço desses sites é 100% gratuito para mulheres. Já os homens têm que pagar para mandar mensagens para os seus alvos e utilizar outras funcionalidades como sala de bate-papo, acesso a galeria de fotos e envio de presentes. No Second Love, a mensalidade custa a partir de R$ 29,90. No Ashley e no Ohhtel o modelo se baseia na venda de créditos. Os pacotes mínimos custam, respectivamente, R$ 49 e R$ 60.


Quem quiser se habilitar é só buscar um dos sites na rede. E o slogan usado pela Ashley é claro e impositivo: "A vida é curta. Curta um caso". Que coisa, hein?!
(Com base em texto do G1)

Alunos da rede pública não aprendem matemática

O desempenho dos alunos das esolas públicas em matemática está muito abaixo dos alunos das mesmas séries (3º e 5º anos) das escolas privadas. A Prova ABC constatou o que os educadores de todo o país já sabem, ou seja, que há um descompasso entre o que é ensinado e o que é aprendido nas redes públicas do ensino fundamental. A prova mostrou que somar e subtrair ainda é um problema na escola pública, na qual os alunos atingiram 32% e na escola privada, 75% de acertos.


Os analistas, de posse dos dados, cobram mais investimentos por parte dos governos, principalmente do governo federal, na educação básica. Também culparam as prefeituras em geral, pois, independentemente de ajuda federal, elas devem investir em educação. E, obviamente, criticaram duramente os cursos de formação de professores das faculdades, que também não ensinam matémática nem ensinam a ensinar matemática.
Estes dados analisados foram apresentados hoje (25) na divulgação do resultado da Prova ABC, que avaliou a proficiência de 6 mil alunos de 250 escolas públicas e privadas das capitais do país.

 
Apenas um terço (32,58%) dos alunos da rede pública alcançou o índice de 175 pontos que corresponde ao conhecimento esperado dos alunos desta série segundo escala do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A Prova foi feita com alunos de 1º ao último segmento do ensino básico e a diferença entre a pública e a privada é gritante, reduzindo um pouco no ensino médio.

 
Para o professor Ruben Klein, consultor da Cesgranrio, é urgente a necessidade de se promover políticas públicas de incentivo a aprendizagem de matemática desde a alfabetização. “Esses dados apontam que os baixos desempenhos em matemática apresentados nas pesquisas feitas com alunos que estão terminando o ensino fundamental e, posteriormente, o ensino médio, já começam a serem traçados nos primeiros anos da vida escolar.

 
Klein salienta que alfabetização não é apenas saber ler e escrever, mas também saber fazer contas de somar e dividir. Na opinião do consultor, a formação de professores que trabalha na rede pública também prejudica o desempenho dos alunos. “Muitos desses professores fizeram o curso de pedagogia e eles próprios não aprenderam matemática corretamente. Dizem que têm como missão ensinar a ler e a escrever. Trabalhar com matemática é uma dificuldade para eles.”

 
O mesmo pensa Elon Lages Lima, pesquisador do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), para quem o aprendizado da criança com os números e as operações matemáticas são a base para uma boa educação e organização de métodos de aprendizagem. “Para estudar matemática precisa de certos hábitos de disciplina, organização, interesses e organização”, destaca Lima.

 
“Estudo da matemática requer esses hábitos. É um estudo sequencial. No estudo de história o aluno pode errar ao dizer que Cristóvão Colombo descobriu o Brasil, mas pode aprender que Dom Pedro I proclamou a Independência. Agora, em matemática, se a criança não souber somar ou subtrair não vai aprender a multiplicar e dividir. E não vai aprender as equações exigidas nas séries seguintes.”

 
Leal também vê no investimento na formação dos professores um problema crônico da educação brasileira. “As escolas públicas são mal remuneradas, professores são os que se submetem a salário aviltante. Mesmo assim, para se saber a matemática elementar não é preciso nenhum dom especial.”

 
Em nota, Malvina Tuttman, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação, afirma que "a Prova ABC mostra qual é o estágio do processo de alfabetização do país e desafia o MEC a investir mais ainda nos três primeiros anos do ensino fundamental com o objetivo de cumprir a meta do Plano Nacional de Educação".


O que ninguém disse é que os alunos das escolas públicas, em quase sua totalidade, são pobres, muito pobres e miseráveis, sem famílias em condições de lhes proporcionar a obtenção de cultura, sem condições para ensinar-lhes o beabá e o dois mais dois. O professorado é fraco, em geral, mas a clientela desse professorado não tem as condições necessárias de aprendizagem como tem a clientela dos professores das escolas particulares. 
(Com base em texto do G1) 

Quem fez algo pela OAB além de Paulo Rangel?

Além do Dr. Paulo Rangel de Carvalho, qual o presidente da OAB-Campos que fez alguma coisa importante, objetiva, paupável, em prol da própria entidade e dos advogados?

Perguntar não ofende, certo?

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Grande noite de filiação do movimento Campos de Todos Nós

Reunião na sede do PR, hoje (24), dos partidos que compõem a aliança Campos de Todos Nós, de apoio à Rosinha Garotinho, ultimou os detalhes para a grande noite de filiação nesta sexta (26) no ginásio do Automóvel Clube Fluminense, quando estará presente o deputado federal Anthony Garotinho e diversas lideranças políticas da região.

Na oportunidade o presidente estadual do PR, o Garotinho, deverá abonar a ficha de filiação da prefeita Rosinha, que deve deixar o PMDB e ingressar no PR, com apoio de todos os demais partidos coligados e que objetivam sua reeleição à Prefeitura de Campos. Será uma noite festiva e são esperadas milhares de militantes das legendas que fazem parte do nosso movimento (Campos de Todos Nós), disse o presidente do PR municipal Wladimir Matheus.

Secretaria de Educação entrega caminhões da cultura e da ciência

As escolas da rede municipal de Campos receberão amanhã (25) dois caminhões; um equipado para ser palco das artes e outro como espaço da ciência. Sonho sonhado pela secretária de Educação, Joilza Rangel, há mais de um ano e que agora é uma realidade. O primeiro abrigará o projeto Viajando com as Artes e o segundo, Viajando na Ciência.


Com o projeto cultural os alunos da rede municipal receberão grupos de teatro, dança, música, contação de história, oficinas de confecção de brinquedos e brincadeiras. E terão a oportunidade de interagir nas atividades, podendo também apresentar trabalhos artísticos realizados por eles. 


Com o projeto científico, os alunos terão contato com microscópio, esqueletos, modelos anatômicos e outros instrumentos de conhecimento e incentivo à pesquisa científica. Na verdade, é um laboratório itinerante com rampas de acesso, plataformas, barras de apoio, enfim, todo equipado para dar conforto e comodidade, inclusive aos portadores de necessidades especiais.    


Os caminhões e o lançamento dos projetos vai ocorrer numa solenidade a ser realizada no Teatro Trianon, às 15 horas. Na oportunidade, serão entregues 250 novos instrumentos musicais para formação de mais seis bandas de fanfarra. As 29 bandas já existentes receberão mais instrumentos para as aulas de música. 


Nossos aplausos para a secretária Joilza e a prefeita Rosinha por esses benefícios culturais e científicos para os alunos da rede pública municipal.

Gianecchini terá alta nesta sexta


Os fãs de Reynaldo Gianecchini podem respirar aliviados, pelo menos por enquanto. O ator deve ter alta amanhã, após as primeiras sessões de quimioterapia. Ele está internado desde o dia 1º no hospital Sírio Libanês em São Paulo por causa de um câncer detectado como raro.

Mas Gianecchini vai continuar, após 15 dias, fazendo quimioterapia até que o câncer seja eliminado. O ator de 38 anos, vai ficar sem atuar, por enquanto. Acredita ele que tudo dará certo e ele vencerá a luta contra o
câncer.

Como se sabe, os exames realizados diagnosticaram um "linfoma T Angioimunoblástico". O ator recebeu o diagnóstico inicial de um linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer que se desenvolve nos linfócitos. Exames realizados no Brasil e nos Estados Unidos definiram o “sobrenome do linfoma", que é raro e talvez ele tenha que se submeter a um tratamento demorado.

Americano teve pênis amputado e quer indenização

O americano Phillip Seaton, de 64 anos, entrou na Justiça do estado do Kentucky por um motivo bem bizarro. Ele teve o pênis amputado durante uma cirurgia de circuncisão e agora está processando o médico John Patterson por não conseguir mais fazer amor com a esposa.
Seaton teve que ser operado para acabar com uma inflamação crônica em seu órgão sexual. Mas, segundo o doutor Patterson, ele encontrou um tumor maligno no pênis do paciente durante a cirurgia e decidiu retirar a parte afetada. O restante da amputação foi realizado por outro cirurgião.
“Quando me levantei da cama depois da operação e olhei para baixo, não vi absolutamente nada”, disse Seaton, que garante que não foi consultado pelo médico para fazer tal procedimento.
Seaton pede na Justiça ressarcimento por danos morais e materiais irreparáveis. O caso ainda promete se arrastar durante muito tempo na corte.
(Matéria do jornal Extra)

Praça de Poço Gordo será inaugurada hoje


A prefeita Rosinha Garotinho entrega mais uma praça totalmente recuperada e remodelada, com quadra de esportes coberta, em solenidade que vai ocorrer hoje, às 19:30 h. Desta vez a localidade contemplada é Poço Gordo.  

Trata-se da Praça Bartholomeu Lyzandro, construída em 1959 quando era prefeito José Alves de Azevedo. Mas estava abandonada há anos e a prefeita decidiu restaurá-la. Na verdade, fazer uma nova praça, que será entregue hoje à comunidade. 

A nova praça também ganhou coreto, com a construção do telhado para que possa ser utilizado mesmo em períodos de chuva, além da quadra polivalente com cobertura. O skate, que tem vários praticantes na Baixada Campista, também ganham condições para a realização de eventos, com uma moderna pista que foi construída e que vai contribuir para o maior desenvolvimento do esporte.

Foram construídas, ainda, áreas para a prática de esportes de areia, como o futvôlei, vôlei de praia e futebol de areia, além de uma área com brinquedos infantis, dando tranqüilidade para as crianças. No trabalho de urbanização, a praça recebeu novos bancos, equipamentos de ginástica, pergolado com mesas de jogos e bicicletário, além de um completo projeto paisagístico, com canteiros que foram construídos no local e garantem a beleza do novo espaço que a população do distrito recebeu.
(Com base em texto do site da PMCG)



terça-feira, 23 de agosto de 2011

Reunião do movimento Campos de Todos Nós com Garotinho nesta sexta

O Partido da República realiza no proxímo dia 26, ás 18h, no Ginásio do Automóvel Clube, uma grande reunião com partidos aliados do governo Rosinha Garotinho. Estarão presentes presidentes de partidos coligados e centenas de militantes.

Na oportunidade os participantes poderão filiar-se aos dez partidos que compõem, hoje, o movimento que tem como líder maior o deputado Garotinho. O presidente do PR, partido que está capitaneando o movimento "Campos de Todos Nós", Wladmir Matheus, disse que a reunião visa fortalecer os partidos para chegarmos fortes nas eleições de 2012, por isso convido a todos a participar deste evento".
A grande reunião desa sexta-feira será liderada pelo deputado federal Anthony Garotinho, que estará acompanhado de diversas autoridades e lideranças locais.
(sobre postagem do blog de Thiago Ferrugem)

Dudu, destaque da seleção sub-20, teve o filho sequestrado

O filho (de quatro meses) do meio-campista Dudu, do Cruzeiro, destaque da seleção brasileira campeã mundial sub-20, foi sequestrado ontem à noite em Goiânia, cidade natal do atleta, por dois homens armados montados numa moto. De acordo com a Polícia Militar, a mãe da criança, ex-namorada do jogador, passeava com ele próximo à própria residência, quando foi abordada.

Foi um sequestro relâmpago. Os homens anunciaram um assalto e levaram o bebê, mas o deixaram logo depois, atrás de uma igreja. Ouvindo o choro do bebê, uma pessoa que passava no local chamou a polícia que devolveu o bebê à mãe.
A polícia investiga, mas não divulgou, até agora, nenhum detalhe do caso. O jogador, por seu lado, treinou normalmente no Cruzeiro, clube no qual atua.  Mas não falou sobre o caso.

Alguns jogadores já tiveram parentes sequestrados. Os bandidos sabem que o atleta é famoso, tem dinheiro e buscam tirar proveito da situação. Até porque grande parte dos atletas é oriunda de famílias humildes e não gozam de qualquer tipo de segurança.  

Adeus, Severino Velloso!

Morreu na madrugada de hoje o ex-vereador, ex-presidente da Câmara e vencedor de centenas de torneios de natação na categoria master, além de ser um apaixonado por cavalos Severino Velloso de Carvalho Neto, 86 anos. O velório está sendo no Automóvel Clube Fluminense e o sepultamento será no Cemitério do Caju às 16 horas. 

Sinto sua morte e lembro da última vez que conversamos demoradamente. Foi no velório do ex-governador Togo de Barros. Estávamos eu, ele, Zezé Barbosa e Silvio Maris. Eu, "o garoto", conversando com os caciques da política das décadas de 1960/70 e 80, quando Zezé e Severino reinaram sem sobressaltos até 1988. Zezé foi prefeito nos períodos 1967/1970, 1972/1976 e 1983/1988 e Severino presidiu a Câmara nos períodos: 1963/1964; 1965/1966; 1967/1968; 1972; 1975/1976; 1981/1982 e 1987/1988)



Éramos adversários ferrenhos na política, mas com excelente relacionamento pessoal. Severino, inclusive, foi ao meu casamento com Viviane Terra. Tivemos embates homéricos. Zezé, sempre mais tranquilo, mas Severino era "enfezado". Branco, ficava vermelho quando debatia, principalmente no plenário da Câmara. E certa vez eu disse que o admirava, porque ele, assim como eu, falava o que pensava. Era um adversário nobre, por isso mesmo. 

Que descanse em paz!

Diplomacia brasileira constata abuso das forças aliadas na Líbia

Uma comitiva brasileira viajou à Líbia para acompanhar os conflitos e elaborar um relatório que permita à chacelaria brasileira emitir uma opinião segura sobre os mesmos e auxiliar o governo brasileiro a tomar uma posição com relação àquele país e as forças internacionais que foram para lá para "evitar atrocidades e mortes de civis".


Segundo os observadores brasileiros, as resoluções da ONU ratificadas pelo governo brasileiro autorizam apenas ações militares que "visassem a proteger os direitos das populações civis e impedir o uso desproporcional de força, sobretudo a aérea, contra protestos desarmados".


Mas o que foi constatado é que as forças da ONU, na verdade uma intervenção militar da Otan, extrapolaram e passaram a apoiar abertamente os manifestantes contrários ao governo. E ficou claro que o regime de Kadhafi deve cair não por força dos rebeldes, mas sim pelo poder bélico dos "aliados democratas", que mata indiscriminadamente, inclusive os rebeldes aos quais apoiam. 


A Otan era para atuar na Líbia para evitar supostos ataques contra civis que estariam sendo cometidos pelas tropas fiéis a Kadhafi, mas passou a armar as forças rebeldes, sem dar oportunidade à população de decidir se quer manter ou derrubar o governo.


No relatório, a comissão diz que: "Houve, durante esses meses, inúmeras manifestações internacionais, sobretudo por parte da República Russa e da União Africana, de que tal mandato (ratificado pelas resoluções da ONU), ao ser extrapolado com ações bélicas que visavam enfraquecer e vulnerar o governo da Republica Líbia, estaria se configurando um ato de abuso de força e, na prática, de intervenção militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) naquele país".


A chancelaria brasileira disse à delegação não ter observado manifestações populares, em Trípoli, de apoio ao movimento rebelde. "Havia, ao contrário, restrições ao chamado movimento rebelde mesmo entre aquelas pessoas que não apoiavam o comportamento de Muammar Kadhafi"."


Ninguém divulga (da mesma forma que não divulgaram as estatísticas iraquianas sobre o nível de vida do povo) que a Líbia é uma sociedade onde a maioria da população tem bons níveis de bem-estar, inclusive com políticas públicas de educação, saúde, habitação gratuitas e como a maior renda per capita do continente Africano (título que já coube ao Iraque antes da Guerra do Golfo e as sanções impostas àquele país). Mas isso não importa. O que importa é que "o mundo vai respirar melhor sem Kadhafi, assim como respira melhor sem Sadam". Quanta ironia! 

A invasão da Líbia e o assassinato de Kadhafi

Enquanto os "aliados democratas" usam o petróleo iraquiano, o povo daquele país mata e morre pela "liberdade". Para isso as potências militares aliadas invadiram o Iraque e assassinaram o ex-aliado Saddam. Agora os "aliados democratas" querem o petróleo da Líbia e invade aquele país. Vai ocorrer o mesmo que no Iraque: o povo continuará se matando enquanto os invasores repartem os lucros do petróleo.

Há regimes violentos e ditaduras em muitos lugares. Os africanos mais à leste e sul que o digam. Mas estes não têm nada que interessem aos "aliados democratas". Quando tinham, foram alvos de invasões e submissão pelas armas. Agora, que se matem. É um problema que eles têm que resolver. Questão de soberania. A fome dee ser um castigo divino...

E nós adotamos o mesmo discurso dos "aliados democratas" e em nenhum momento falamos (porque a mídia não manda a gente falar) em soberania. E mesmo agora, em meio ao conflito e à matança, o enviado especial da ONU, Abdel Ilah Jatib, ouve do governo líbio proposta de negociação. Mas diz que não tem conversa. Conversa só depois que Muammar Kadhafi cair (ser morto). 

Os EUA, para citar apenas um exemplo, invadem nações (nunca a China, nunca a URSS ou, agora, a Rússia), assassinam pessoas importantes, matam indiscriminadmente, fazem cercos econômicos, impõem o que querem e são democratas. Israel invade territórios, mata indiscriminadamente, mas tem apoio total dos "aliados democratas".

Não podemos fazer coro com os "aliados democratas". Temos que analisar usando bem a razão, o queé difícil, eu sei. Mas não podemos fazer coro com os invasores. Eles não invadem países senão em busca de poder e dinheiro. Sempre foi assim. Temos que superar a tendência em ficar sempre do lado mais forte. Quando esses "aliados democratas" não controlam um país e as riquezas desse país, eles invadem ou impõem sanções econômicas ou, ainda, usam os meios de comunicação para minar a liderança de quem não aceita suas "verdades".

Lembremos de que, quando Bin Laden aterrorizava para eles, os "aliados democratas", era amigo. Quando aterrorizou contra eles, tornou-se inimigo, caçado em toda parte e, finalmente assassinado. O mundo comemorou. Como vai comemorar o assassinato de Kadhafi. Assim caminha a humanidade.  

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Doença que atinge mais os negros será tratada no HGG

Para minorar ou por fim a uma grave doença, que ataca principalmente os negros, sendo o Estado do Rio o que tem a maior incidência, perdendo apenas para a Bahia, a Prefeitura de Campos, via Hospital Geral de Guarus, lança, na próxima sexta-feira (26) o programa de atendimento a pacientes com anemia falciforme.

A cerimônia será às 9h, no auditório multimídia do HGG, e contará com a participação do vice-prefeito e presidente da Fundação Municipal de Saúde, Francisco Oliveira, o Doutor Chicão, e de uma equipe do Hemo-Rio. O atendimento será referência regional.

 
Com Edson Batista na direção do HGG, o hospital está "entrando nos eixos" e passa a ser refer~encia no tratamento de várias especialidades, assim como em serviços como a fisioterapia. No caso da anemia falciforme, o HGG e a Secretaria de Saúde assinaram um Termo de Cooperação Técnica com a Superintendência de Saúde Coletiva, garantindo a reimplantação do programa no município.


Portadores da doença de outros municípios das regiões Norte e Noroeste Fluminense também passarão a ser atendidos no Hospital Geral de Guarus. As consultas serão às segundas, terças e quartas-feiras, e a marcação é diária.


O que é anemia falciforme?
É uma doença hereditária caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue, tornando-os parecidos com uma foice, daí o nome. Essas células têm sua membrana alterada e rompem-se mais facilmente, causando anemia. A hemoglobina, que transporta o oxigênio e dá cor aos glóbulos vermelhos, é essencial para a saúde dos órgãos do corpo. Essa condição é mais comum em indivíduos negros. O estado do Rio de Janeiro é o segundo do Brasil com maior incidência da doença; o primeiro é a Bahia.
(Com base em matéria do site da PMCG)

Escolhido o vilão que vai aliviar os empresários: o fumante

Decreto ublicado hoje no Diário Oficial da União eleva em 20% os preços dos cigarros, a partir de novembro. Com isso, a Receita espera arrecadar o suficiente para compensar as perdas de R$ 20,7 bilhões com as novas medidas do pacote econômico de estímulo às empresas que, por sua vez, objetiva compensar as empresas por conta da queda do dólar.

Ou seja, alguém tem que pagar a conta. Que seja o fumante. Poderia ser a gasolina, a bebida alcoólica ou qualquer outro produto ou produtos. Mas o fumante está discriminado, colocado como marginal numa sociedade que tem o discurso do politicamente correto. Só o discurso. E o fumante, há anos, é o vilão, sendo o cigarro um vício que violenta a sociedade. 

Atualmente, a carga tributária sobre os cigarros está em cerca de 60%, variando de R$ 0,764 a R$ 1,30 por maço. Pelo decreto publicado hoje, os fabricantes terão de escolher entre o regime geral e um regime especial. Se escolherem o regime geral, a carga tributária subirá para 81%. No regime especial, cujas regras saíram nesta segunda-feira, ainda não há informações sobre a carga tributária, mas não ficará menor que 70%.

Milhares de mulheres casadas procuram amantes na rede

Lançado há pouco mais de um mês, o site de relacionamento extra-conjugal para ambos os sexos, registrou, em apenas um dia(15/08), a inscrição de 11.707 mulheres querendo trair nos maridos num "romance sem compromisso". Diariamente, a média de mulheres brasileiras que procuram amantes no site é de 1.700.

Mas os homens estão disputando bem. No mesmo dia 15/08, 6.834 homens se inscreveram no site, em busca de uma parceira, "sem compromisso". E a média diária dos homens inscritos ultrapassa em muito as mulheres. São 3.400 novos inscritos homens, contra os já citados 1.700 mulheres.  


Só falta agora a campanha para ver quem trai mais: o homem ou a mulher? O fato é que, em 42 dias, o site Ohhotel registrou 203.959 inscritos. E as mulheres caminham a passos largos para bater o recorde mundial: a cada  17 segundos uma brasileira se associa, superando a marca dos EUA, Canadá, Chile e Argentina, países onde o site recebe também milhares de inscrições.
De acordo com o responsável pela pesquisa no The Ohhtel, Alex Shields, o Brasil é diferente porque, ao contrário de outros países, onde a grande parte das pessoas que usa os serviços do site está em um casamento sem sexo, homens e mulheres brasileiros, inscritos no Ohhtel, não estão em relacionamento sem relação sexual. Ainda com base nesse estudo, Shields acredita também que as mulheres procuram casos no Ohhtel como alternativa de redescobrir a paixão que aos poucos foi sumindo no casamento.

Foi detectado que, nos últimos anos, a insatisfação sexual entre casais é crescente, assim como o número de divórcios. Somente em 2010, os cartórios de notas do estado de São Paulo realizaram 9.317 separações, um aumento de 109% em relação a 2009, quando ocorreram 4.459.
Segundo recente pesquisa realizada pelo The Ohhtel, apenas 18% das brasileiras inscritas não tinham mais intimidade com seu parceiro,em casa. E ao serem perguntados "por que você tem casos", a razão número um para os homens é a necessidade de ter “variedade”. Já mulheres afirmam que vão em busca de “mais romance”.

O levantamento feito com os usuários registrou que as mulheres não estão insatisfeitas com o casamento. O que elas querem é "algo mais". Na verdade, as mulheres continuam românticas e querem ser eliogiadas, cortejadas, o quie nãos mais ocorre após alguns anos de matrimônio.


Uma delas disse, resumindo a justificativa de grande parte: "eu amo meu marido e meus filhos. Mas sou uma pessoa muito apaixonada e a paixão do meu marido é o trabalho. Sou muito feliz com o tipo de vida que temos e com tudo o que o trabalho dele nos proporciona, mas eu preciso de algo a mais na minha vida e de alguém que preencha meu vazio”.
(com base em texto do JB)

Gianecchini terá tratamento longo e complicado

Um suposto erro médico no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, teria sido o responsável pelo atraso na quimioterapia do ator Reynaldo Gianecchini. Uma perfuração no pulmão do galã teria acontecido durante a colocação de um cateter. As informações são da revista Veja.

 
Em boletim, o hospital confirmou o sangramento. “Durante a passagem de cateter central, o paciente apresentou sangramento que foi prontamente tratado com as medidas necessárias”, diz a nota divulgada na sexta-feira (19).
O linfoma do ator é de um tipo raro: linfoma de células T, que são células fabricadas na medula óssea, responsáveis pela imunidade no organismo.
O câncer afeta o sistema de defesa do corpo, pode causar lesões ósseas, manchas na pele, perda de peso e se espalhar por outros órgãos. O processo, portanto, será mais longo e complicado do que o esperado. O ator, que está internado desde dia 1º, ainda não tem previsão de alta e deve começar a quimioterapia ainda hoje.

As balas que mataram a juíza podem ser da PM e do Exército


Se a investigação for mesmo a fundo, pode complicar ainda mais os dirigentes das forças de segurança do Estado. Refiro-me ao caso do assassinato da juíza Patrícia Acioli, que atuava na 4ª Vara Criminal de São Gonçalo e foi morta com 21 tiros, cujos projéteis teriam sido adquiridos pela Polícia Militar em enviadas a três batalhões do Estado, entre eles, o de São Gonçalo.


As informações teriam sido conseguidas pelo jornal O Dia junto aos agentes da Divisão de Homicídios (DH). Segundo os policiais, os cartuchos de calibre 40 - recolhidos no local do assassinato - pertencem a um lote de 10 mil projéteis vendido pela Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) à Polícia Militar.

A investigação, agora, tem como meta saber quais os batalhões que receberam munições calibre 40. Caso seja confirmada a suspeita, a PM passa a ser o principal alvo dos investigadores. Aliás, sabe-se que os projéteis calibre 45 são das Forças Armadas. 

Como a juíza assassinada não tinha receio de condenar de acordo com a lei maus policiais e, ainda, julgava com rigor as quadrilhas de bandidos, há fortes suspeitas de que houve participação de policiais, direta ou indiretamente, no crime.






Concluída a operação resgate na Bacia de Campos

A Petrobras informou, ontem à noite, que concluiu o resgate dos quatro corpos que estavam a bordo do helicóptero da Senior Táxi Aéreo que caiu no Oceânico Atlântico no fim da tarde de sexta-feira (19). O acidente ocorreu logo depois que o helicóptero decolou da Plataforma P-65, na Bacia de Campos, no litoral norte fluminense.

Em nota, a empresa informa que o resgate foi feito com a ajuda da Marinha e da Força Aérea Brasileira (FAB) e que os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Macaé, para serem identificados. “As empresas Senior Táxi Aéreo, Engevix e Brasitest estão prestando toda a assistência às famílias, com o suporte da Petrobras”, acrescenta a nota.

A aeronave foi localizada no fim da tarde de sábado a 99 metros de profundidade e a 100 quilômetros da costa, com três dos quatro corpos. Ontem, a Petrobras localizou o último corpo.

Estavam a bordo os passageiros Ricardo Leal de Oliveira, auxiliar técnico de planejamento da Engevix, e João Carlos Pereira da Silva, técnico de inspeção da Brasitest, além do piloto Rommel Oliveira Garcia e do copiloto Lauro Pinto Haytzann, da Senior Táxi Aéreo.
(Matéria extraída do JB)

Casamento faz mulher engordar

Um estudo feito por dois cientistas da Universidade estadual de Ohio, nos Estados Unidos, mostra que homens são mais propensos a engordar depois de um divórcio, enquanto mulheres tendem a ganhar mais peso durante um casamento. Os dados da pesquisa foram divulgados nesta segunda-feira (22) no encontro anual da Associação de Sociologia norte-americana (ASA, na sigla em inglês), realizado na cidade de Las Vegas.

Tanto o casamento quanto o divórcio podem gerar quilos a mais, especialmente depois que os parceiros alcançam 30 anos de idade. Para o aluno de doutorado Dmitry Tumin, autor principal do estudo, ambos os casos podem levar a pessoa a ganhar peso além da conta, com riscos reais à saúde.

Para o especialista, o sexo da pessoa tem um efeito no ganho de peso durante as diferentes fases de um relacionamento estável, mas essa diferença não é tão forte quando os parceiros têm 25 anos de idade ou menos.
(Trecho de matéria do G1)

domingo, 21 de agosto de 2011

Criança Esperança não passa de um ato simbólico, mas a farsa ganha as mentes

"Didi" comanda mais uma Criança Esperança (Foto do G1)

Todo ano é a mesma coisa: Globo arrecada em Criança Esperança muito menos do que o custo para realizar a campanha. Óbvio que todos sabemos que a campanha e os serviços prestados com os recursos não passam de atos simbólicos. Importantes, porém, para mostrar que a nação que se veste e se alimenta bem tem uma dívida social para com aqueles milhares que nada ou quase nada têm.

Mas um estranho, ao analisar os números, raciocinando com simplicidade, constatará que, se o dinheiro arrecadado para pagar a mega estrutura montada para a campanha fosse investido em projetos sociais, atenderia muito mais que as doações. Claro que as organzações Globo não gastam, porque têm os patrocinadores. E se o dinheiro fosse investido diretamente nos projetos, não haveria possibilidade da campanha ter a visibilidade que tem. E essa visibilidade, convenhamos, é o que realmente interessa.

A campanha me faz lembrar o surgimento do então pastor cantor Marcelo Crivella e a Fazenda Canaã, no interior do Nordeste e que serviu para Crivella se projetar politicamente (até a Globo apoiou). Na sua candidatura, no Rio, as peças publicitárias diziam: "se ele (Crivella) acabou com a fome do nordeste, vai acabar com a miséria do Estado do Rio".
Sabemos que não existe fato. Existe versão do fato. Se aconteceu algo, digamos, no espaço, neste exato momento, mas ninguém noticiou, ou ninguém viu para contar, na verdade, não ocorreu, não é um fato. Só é fato (e, portanto, histórico), se houver história, ou seja, se houver uma versão. E a versão que mais se propagar e ser intronizada, assimilada pelo povo, é a que vai prevalecer.

Assim é a campanha Criança Esperança. Torna a Vênus Platinada "solidária" aos pobres.

*Mantida a matéria com uma pequena modificação, pela qual retirei parágrafo que considerei impertinente.

Garotas oferecem a virgindade em troca de ingresso para Justin Bieber


Fãs de Justin Bieber no México entraram em desespero porque os ingressos para seu show estavam esgotados. Primeiro, a histeria. Depois, as milhares de adolescentes fanáticas decidiram aceitar a proposta de cambistas no Facebook: um ingresso em troca da virgindade.

O site sdpnotícias divulgou e muitas adolescentes postaram mensagens na rede social aceitando a troca: um ingresso pela virgindade. Usaram o Facebook com a frase: "minha virgindade por um ingresso ara Justin Bieber. Me escolha".

Sócrates melhora e respira sem aparelhos


O ex-jogador e médico Sócrates, internado desde a última sexta-feira por conta de uma hemorragia digestiva, não respira mais por aparelhos. Seu quadro é estável e hoje ainda inicia uma dieta por via oral. Os médicos que o assistem no hospital Albert Einstein, em São Paulo, recomenda "cuidados especiais".

A hemorragia digestiva foi causada por uma hipertensão portal, que é a hipertensão na veia porta hepática - que leva sangue do intestino para ser filtrado no fígado. O aumento de pressão na veia porta é na maior parte das vezes decorrente de doenças hepáticas, em especial da cirrose. A esposa do ídolo corinthiano, porém, disse que a hemorragia não foi causada por cirrose. Sabe-se que Sócrates é chegado a um "bom copo".  





Policiais assumem homossexualidade e criam rede nacional de gays

 Maicon é policial rodoviário federal em Pelotas, no RS e é casado com um guarda de trânsito
(Foto: Arquivo Pessoal)

Breno é gay e atua como agente penitenciário em Campinas (Foto: Flavio Moraes/G1) 
 
Policiais e agentes de segurança LGBT formaram a rede em 2010
(Foto: Arquivo Pessoal)

Policiais, agentes penitenciários, vigilantes ou outros profissionais que atuam na área de segurança pública no Brasil e que assumiram publicamente a homossexualidade resolveram se unir para lutar contra a homofobia e criaram a Rede Nacional de Operadores de Segurança Pública LGBT (Renosp-LGBT), que hoje conta com 50 integrantes.


São delegados, policiais civis e militares, bombeiros, guardas e agentes prisionais que passaram a não mais esconder a opção dos colegas de trabalho e a lutar contra o preconceito a gays, lésbicas, travestis e bissexuais no meio em que atuam.

Um dos integrantes, o agente penitenciário Breno Agnes Queiroz, de 26 anos, conta que o grupo foi formado durante um evento no Rio de Janeiro, em novembro de 2010, que reuniu operadores de segurança pública do país para discutir formas de lidar com a população LGBT.

“O seminário era para fazer algo para a segurança pública da população, mas aproveitamos que alguns de nós éramos homossexuais para nos reunirmos e defendermos nossos interesses”, afirma Breno, que tem o apoio dos colegas do presídio em que trabalha em Campinas, no interior de São Paulo.

“Sempre tem gente achando que vamos nos aproveitar da situação, por ser homossexual, na hora da revista de algum detento. Eles acham que tem que ser macho para colocar autoridade. Mas nossa presidente é uma mulher e sabe liderar. Há muita homofobia no meio policial”, diz.

O agente declara que “há uma homofobia institucional velada ou latente, que pode se manifestar de várias formas”. Para ele, o preconceito, porém, não é da corporação: mas sim, “das pessoas” que convivem com os policiais assumidamente gays ou lésbicas.

“Eu tive que trabalhar muito a conscientização dos meus colegas. Tive que mostrar que não sou nada diferente, que não há motivos de me impedir de fazer um tipo ou outro de serviço. Sabemos separar a opção sexual do trabalho”, afirma.

Casado há 13 anos com um guarda de trânsito de Porto Alegre, o policial rodoviário federal Maicon Nachtigall, de 33 anos, reclama que tem que lutar diariamente contra o que chama de “preconceito institucional”. Ele acredita que é discriminado por ser homossexual.

“Sou um dos policiais que mais se destaca no relacionamento com a comunidade e em trabalhos sociais na minha região e nunca consegui uma promoção por merecimento. O fato de ser gay me impede de competir e vencer com os outros da mesma forma”, afirma.

Breno e Maicon concordam sobre a falta de uma política pública nacional sobre o tema, afirmando que tiveram que brigar individualmente para garantir o respeito nas corporações principalmente para integrantes da Polícia Militar, onde o militarismo impede que assumam suas opções sexuais sem ter medo de repreensão de superiores ou de homofobia.

“Ainda não há uma política interestadual. O que fazemos são trabalhos isolados, em cada estado, em cada polícia. Conheço muitos gays na Polícia Federal, na Polícia Civil e na Polícia Militar aqui no estado que não assumem, por medo. Ser gay ainda é um desafio nessas corporações”, afirma Maicon, que atua em Pelotas, no Rio Grande do Sul.

A Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo informou que "não há nenhum preconceito com relação a funcionários LGBT e nem presos" e que a pasta integra um comitê interestadual de defesa da diversidade sexual da qual fazem parte servidores da secretaria e que tem por objetivo definir diretrizes de combate à homofobia.

A assessoria de imprensa da PRF informou o fator sexual da pessoa não tem nenhuma influência e que não há diferenciação nem preconceito dentro da PRF por questões de opção sexual. Segundo a PRF, todo servidor público tem um código de ética a cumprir, independentemente de outros fatores.

Em nota, a Polícia Militar de São Paulo diz que "é uma Instituição legalista e comprometida com a dignidade da pessoa humana" e que "não há discriminação quanto à origem de seus integrantes quanto à raça, cor, religião, sexo, orientação sexual ou identidade de gênero". A corporação diz que a postura do policial, quando em serviço, é a mesma exigida para qualquer pessoa que integre a PM.
(Trecho de matéria do site G1)

Jornada Mundial da Juventude em 2013 será mesmo no Rio

Papa Bento XVI celebrou neste domingo (21) missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude, em Madri (Foto: Gregorio Borgia/AP)

O Papa Bento XVI anunciou oficialmente neste domingo (21) que o Rio de Janeiro será a próxima cidade a receber a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013.

 
O anúncio foi feito durante missa de encerramento do evento, que ocorre neste ano em Madri, na Espanha, após uma vigília ao longo da madrugada. Brasileiros presentes na missa cantaram trecho de "Cidade Maravilhosa" após anúncio oficial. Para esperar a divulgação da cidade como sede da JMJ, 7 mil jovens participaram de outra vigília no Maracanãzinho, no Rio.
(Trecho de matéria do G1)